Bullying virou desculpa.

Bullying virou desculpa

Me vieram 3 pensamentos diferentes pra começar a falar sobre esse assunto.

Parte do que instigou isso foi ler o antigo post a respeito de SPP, o bullying adulto, logo depois foi o pensamento a respeito do banana do Realengo, e depois foi a irritação de como tudo se tornou banal.

Era uma vez, quando dizer eu te amo pra uma pessoa era tão forte quanto atirar em alguém, pois era significativo, hoje em dia tem gente que usa “eu te amo” como “obrigado”. E o mesmo se fez de Bullying, virou desculpa pra qualquer comportamento psicótico, ou simples estupidez.

Todas as pessoas sofrem bullying?! Sim , não duvido, mas não é toda a pessoa que já foi bulinada (se é que faz sentido) que vai pegar uma arma e sair por ai atirando. Isso tudo já foi dito antes no post do SPP do Pimenta no Joelho, não é porque te chamaram de esquisito, feio, gordo, magro, pobre, bicho do mato, que da noite pro dia vc vai planejar um massacre, veja o vídeo que ficou super famoso do garoto que sofria de bullying, ele pegou o bully e o jogou num movimento (que eu só posso descrever como luta livre, ou excesso de street fighter) o rapazinho no chão, foram 3 anos de ser empurrado pelos corredores, chamados de nome, e em principal guardar isso pra si, o pai dele só soube a respeito do que acontecia depois de ver o vídeo. Primeiro o garoto não sai pela escola atirando em ninguém, não matou pessoas aleatoriamente, e por mas que tenha descrito como “snapped” não, ele simplesmente reagiu, e isso acontece quando as pessoas decidem que não aguentam mais, umas revidam, outras se suicidam, ou se furam outras procuram terapia, cirurgia, e tentam mudar o que quer que seja que instiga (ou é dito pelos bullys).

E eu fico muito irritada, quando as pessoas usam “eu sofria de bullying” como desculpa pra serem ou fazerem coisas absurdas. Se você sofreu de bullying isso deveria e te criar mais compaixão pelo outro, mesmo aqueles que te trataram super mal, por que por mais que te ponham pra baixo, você ainda levanta de manhã, ainda sai de casa, você ainda está vivo, o que te aconteceu no passado, te faz a pessoa que você é hoje, sim, mas continua sendo sua decisão o tipo de pessoa que você quer ser, não algo que te aconteceu.

Pare e pense, você foi vítima você não é uma vítima, senão… não haveriam paratletas, mulheres que sofreram abuso nunca mais se relacionariam com alguém, e o principal, você nunca teria a chance de mudar, de evoluir, você seria o rótulo que te dão.

Até porque… se fosse assim… não existiriam histórias de pessoas que apesar dos pesares sucediram, exemplo o filme do Will Smith “ A procura da felicidade”, atores, atrizes, modelos, cantores que hoje são famosos e idolatrados. Mas um que veio agora, que provavelmente muitas pessoas vão parar de ler só porque esse ator faz parte de um seriado que muito levantam os olhos, mas o ator de Glee Chris Colfer, é um rapaz extremamente talentoso, leiam a bio dele em qualquer lugar, desde novo, ele faz milhares de coisas ligada as artes, e sofreu de bullying por ser do jeito dele, hoje, ele teve um papel criado pra ele num seriado de sucesso, vale a pena perder poucos minutos e ver o discurso dele nos golden globes e também ver que ele sabe o que é sofrer bullying e o que outras pessoas que sofrem bullying podem fazer, tem pessoas que se matam, por que precisam esconder quem são, tudo bem que o TREVOR PROJECT é mais designado a LGBTQ, mas quem mais sofre de bullying por ignorância do que pessoas com uma pessoa que tem outra orientação sexual se não a “permitida por deus” o que me indigina mais ainda pelo fato de alguns desses “católicos” dizerem que deus ama todos igualmente e somos todos irmão, mais esses mesmo são mais homofóbicos que amigos de judas.

Ainda mais porque não se pode ignorar que hoje a mídia é uma influencia terrível na imagem, e ditadora de como você deve ser ou parecer, ditadores de padrões que destroem milhares de auto-estimas. Veja que numa população pelo menos 80% passa por aquela fase onde você se acha esquisito, seu corpo ainda esta em formação, as vezes suas glândulas sebáceas trabalham dobrado e você tem o rosto coberto de espinhas, ou sua muito, tem cabelo oleoso. Ou então você e uma criança magrela, os hormônios aparecem e você passa a ser uma pessoa considerada gorda. E hoje em dia é crime se você não se moldar nos padrões de calças que vão até o número 44, que a 2 anos atrás era um número 40. E em pensar que não faz muito tempo atrás ter curvas era o que definia beleza. Quer ver pior que tudo então… deem uma olhada na história do pé de lótus, pés pequenos eram o que ditavam a beleza, e a pior frase do mundo então “beleza é dor” desde quando esses padrões viraram lei? Essas pessoas enfaixavam os pés pra que eles ficassem pequenos, de tal maneira que alterou tanto que eles chegam a ser fisicamente alterado, sério mesmo vejam as fotos é aterrorizante.

Eu me pergunto (talvez por que o que seja de maior valor pra mim) porque não vemos a beleza no conteúdo? Quantas meninas são inteligentes, engraçadas e provavelmente o sonho de consumo de muito homem, mas são descartadas pela forma física?

Quantos homens já foram descartados por mulheres, só porque não são musculosos, não tem alguma semelhança com algum ator, ou porque não se veste de tal maneira, ou dirigi tal carro.

Como é fácil pra nós humanos fazermos os outros se sentirem diminuídos por razões que outras pessoas impõem e no fim não tem nenhum valor real?! Porque é tão fácil rotular os outros antes mesmos de darmos uma chance pra saber quem realmente são essas pessoas?

Por que somos tão manipuláveis e entregues a ter uma mentalidade tão limitada, que dizemos não posso, e não consigo antes mesmo de tentarmos?! Pense nisso, somos um só, mas também somos um universo, influenciamos tudo e todos a nossa volta.